Anuncie no Artigo Científico
MEU CADASTRO      
Artigos - Artigo Científico
Envie um Artigo
Busca avançada
Categorias
Últimos artigos enviados
Artigos mais procurados
Artigos - Artigo Científico
Pesquisadores - Artigo Científico
Busca avançada
Últimos cadastrados
Mais procurados
Pesquisadores - Artigo Científico
Quem - Artigo Científico
Sobre o WebSite
Como Participar
Quem - Artigo Científico
Canal Científico - Artigo Científico
Cadastre-se
Envie um Artigo
Canal Científico - Artigo Científico
Publicidade - Artigo Científico
Como Apoiar
Publicidade
Divulgue nosso WebSite
Publicidade - Artigo Científico
Faleconosco - Artigo Científico
Dados Físicos
E-mail
Contato Direto
Administração
Faleconosco - Artigo Científico
Ajuda - Artigo Científico
Perguntas freqüentes
Ajuda - Artigo Científico
 
PALAVRA-CHAVE ÁREA DE CONHECIMENTO  
 BUSCA AVANÇADA

 
O papel da ecoendoscopia no diagnóstico das neoplasias císticas primárias do pâncreas
Usefulness of echoendoscopy in the diagnosis of primary cystic neoplasms of the pancreas
AUTORES
[ GUARALDI, Simone ]
[ EVANDRO, Sá ]
[ ROMANO, Sérgio ]
[ CARVALHO, Antonio Carlos Pires ]
CATEGORIA
Ciências da Saúde
[ Medicina ]
PUBLICIDADE
RESUMO
O diagnóstico das lesões císticas pancreáticas pelos métodos de imagem, especialmente as de pequeno tamanho, é cada vez mais freqüente. Em alguns casos, ele representa um dilema em relação à terapêutica, podendo ser pseudocistos inflamatórios, neoplasias primárias ou secundárias. Para a decisão terapêutica, é necessário definir se a neoplasia é benigna, maligna ou potencialmente maligna. Hoje, a ecoendoscopia é considerada o exame padrão-ouro para a investigação do pâncreas, fornecendo dados sobre a morfologia destas lesões e possibilitando, por meio da punção guiada em tempo real, a colheita de material para avaliação citológica e dos marcadores tumorais. Este procedimento é considerado seguro e eficiente e apresenta taxas de sensibilidade e especificidade altas e de morbidade e de complicações baixas. No diagnóstico das lesões mucinosas do pâncreas, os fatores preditivos mais significativos para o diagnóstico diferencial são a presença de septos, os nódulos murais e as alterações parenquimatosas, para o qual as taxas de sensibilidade, especificidade e grau de exatidão são, respectivamente, 94%, 85% e 88%. Os autores têm por objetivo revisar as principais neoplasias císticas primárias do pâncreas, enfatizando a aplicação da ecoendoscopia no diagnóstico definitivo dessas neoplasias.
RESUME
Pancreatic cystic lesions, particularly small lesions, are more easily diagnosed nowadays with the use of imaging methods. In some cases, the diagnosis represents a challenge to establish the treatment, as it can range from inflammatory pseudocysts to primary or metastatic cystic neoplasms. In order to choose the treatment, it is necessary to determine if the lesion is benign, borderline, or malignant. Currently, echoendoscopy is considered the gold standard procedure for pancreatic evaluation as it clearly shows the morphology of the lesion, and also allows the acquisition of pancreatic material for cytological and tumor markers studies using fine needle aspiration biopsy. This procedure is considered safe and efficient with high rates of sensibility and specificity and low rates of complications and morbidity. The presence of septa, mural nodules and irregularities in the parenchyma are the most significant predictive factors for the differential diagnosis of mucinous pancreatic-cystic lesions for which sensibility, specificity and accuracy rates are 94%, 85% and 88%, respectively. The aim of the authors in this study is to review the major primary-cystic-pancreatic neoplasms with emphasis in the application of echoendoscopy for the definite diagnosis of these lesions.

DOWNLOAD DO ARTIGO
27223.pdf
 
Seu comentário será analisado pela administração do Artigo Científico.
 


© 2006 Artigo Científico. Todos os direitos reservados. ePrimer    

NaVista WebSites